Recolocação do mercado: três erros que você não deve cometer

Recolocação do mercado: três erros que você não deve cometer

Recolocação do mercado: três erros que você não deve cometer! A recolocação no mercado tem sido complicada para diversos trabalhadores nos últimos anos, principalmente junto a crise e pandemia.

Isso porque, diante tanta oferta de mão de obra, os recrutadores vêm ficando afiados em suas seleções.

Assim, se você já cansou de enviar currículos e não ser aceito toda vez, pode ser que esteja cometendo algum erro. Vem com a gente, te contaremos tudo!

Recolocação do mercado: três erros que você não deve cometer

A alguns anos atrás a formação acadêmica era um diferencial para o candidato, mas hoje em dia já não é bem assim!

Estar em constante aprendizado permite ao profissional explorar e se aplicar em melhores oportunidades.

Por isso, um dos primeiros erros é não investir na sua educação.

Mesmo após a faculdade, continuar estudando é requisito para um profissional de sucesso. Ao participar de cursos, workshops, palestras e webinars, você demonstra ao recrutador que continua em desenvolvimento.

E assim, que está em concordância com as principais tendências do mercado de trabalho atual como a alfabetização digital e o desenvolvimento das suas soft skills.

O segundo erro que você não deve cometer é apresentar um currículo que não te destaque

O currículo é a porta de entrada que apresenta o seu perfil profissional ao recrutador!

Quando você envia esse documento para uma empresa, o responsável pela vaga não quer apenas verificar suas experiências prévias, ele também quer te conhecer melhor, entender suas ações e seus objetivos.

O BNE tem um artigo muito legal sobre como fazer um currículo que te destaque, você pode conferir aqui.

Por fim, o terceiro erro que você não deve cometer é não realizar o Networking

O Networking é caracterizado por toda conexão profissional que você faz, estando empregado ou não.

É por meio dessas conexões que você se coloca no seu meio profissional como um trabalhador responsável.

Assim, esse processo pode ser realizado pelas redes sociais, principalmente o LinkedIn, em cursos, palestras, webinars, workshops, antigos colegas de trabalho, grupos de vagas e afins.

Hoje o nosso artigo fica por aqui. Boa sorte na sua recolocação!

E se você gostou do artigo e quer saber mais sobre e ainda ficar por dentro das novidades, dicas e vagas do BNE , não deixe de nos seguir no Instagram, se inscrever no nosso canal do YouTube, e entrar pro nosso Canal do Telegram.

Posts Relacionados